Cobra Helicopter Strike

Cobra Helicopter Strike

Metralhadoras, mísseis, bombas e você de helicóptero

Está na hora de acabar com o estresse ou de ocupar o tempo livre. Saia por aí voando de helicóptero para mudar a rotina. Aproveite para eliminar todos os inimigos que aparecem por todos os lados. Ler descrição completa

PRÓS

  • Múltiplas resoluções de tela
  • Grátis
  • Divertido

CONTRAS

  • Gráfico simples

Bom
7

Está na hora de acabar com o estresse ou de ocupar o tempo livre. Saia por aí voando de helicóptero para mudar a rotina. Aproveite para eliminar todos os inimigos que aparecem por todos os lados.

Tudo pronto para começar? Acione as hélices e encare o desafio do Cobra Helicopter Strike. Este jogo grátis roda em aparelhos compatíveis com programas feitos em Java, ou seja, na maioria dos modelos do mercado.

Voos grátis

Não há regras a seguir no Cobra Helicopter Strike. Sua única missão é destruir tudo o que passar pela frente. Soldados, torres, tanques... fogo em todos! Ao final de cada nível aparece um inimigo mais poderoso a ser superado.

Aperte os cintos e mande bala. O Cobra Helicopter Strike é interessante do início ao fim. São vários níveis e armas potentes como metralhadoras, mísseis e lança-foguetes. Dê a partida e veja até onde consegue sobreviver no game.

Cobra Helicopter Strike

Download

Cobra Helicopter Strike

Opinião usuários sobre Cobra Helicopter Strike

  • Evaldochaveiro

    por Evaldochaveiro

    "Evaldo"

    baixei no meu celular 3120c e quando vou abrir o jogo pede uma atualização se eu aperta sim fica a frase inityalizando e... Mais.

    escrito em 4 de janeiro de 2010

  • Geanluiz

    por Geanluiz

    "Resposta para "diegocs""

    primero vc precisa abrir a pasta em que vc salvou(no celular) e abrir dai vc instala dai sim vc vai na pasta jogos e abr... Mais.

    escrito em 4 de setembro de 2009

  • Diegocs

    por Diegocs

    "Informação necessária"

    Bom dia Gostaria de saber após fazer o donwload, qual a pasta devo salvar o arquivo, porque salvo o arquivo mas d... Mais.

    escrito em 25 de março de 2009